Bixiga: comunicação visual e identidade urbana

No meu trabalho de graduação, me propus a estudar a imagem do bairro do Bixiga e, a partir desse estudo, identificar (e colocar em prática) formas de agir sobre essa imagem através da comunicação visual.

A análise passa pela história do bairro que já foi polo cultural, palco para artistas do teatro e da música brasileira e lar da gastronomia italiana em São Paulo, mas vem sofrendo um acelerado processo de degradação nas últimas décadas. Também discute as políticas públicas e o descaso com os sistemas públicos de informação, que têm perdido espaço para peças publicitárias no ambiente urbano.

O trabalho acabou desdobrando-se em dois produtos complementares. O primeiro consiste em um sistema de sinalização para o pedestre que mapeia e apresenta o Bixiga aos seus visitantes, mas também oferece informações úteis aos moradores. O aplicativo foi o segundo produto, e veio para enriquecer o primeiro. Ele facilita o acesso e a atualização da informação, e cria uma plataforma para a troca ativa de informações entre usuários em forma de sugestões, avaliações e comentários.

Capa do livro
Duplas do livro
Detalhe: abertura de capítulo
Quarta capa do livro
Tela inicial do aplicativo
Busca por pontos de interesse
Índice de pontos de interesse por categoria
Página do ponto de interesse com galeria de fotos
Agenda e página do espetáculo
Avaliações na página do espetáculo
Links para redes sociais
Sistema completo de sinalização
Detalhe: totem geral
Detalhe: totem de percurso
Detalhe: ponto de ônibus
Detalhe: mapa geral
Detalhe: mapa de percurso
Detalhe: mapa das linhas de ônibus